10 agosto 2009

Mundo global.
Solidariedade global

Chegou ao nosso conhecimento a carta que personalidades angolanas tornaram pública por ocasião da recente visita diplomática a Angola pela Secretária de Estado dos Estados Unidos, Hilary Clinton.São vozes que correram o risco de denunciarem um vasto conjunto de atropelos à democracia e aos direitos humanos que se verifica naquele país. Merecem, por isso, a nossa admiração e o nosso apoio.

O Ouvido do Vento quer enaltecer a coragem dos subscritores enquanto defensores da democracia e dos direitos humanos do povo angolano e chamar a atenção para a necessidade de uma efectiva solidariedade, por parte da sociedade civil e dos governos dos países democráticos, que esteja à altura dos desafios e potencialidades do mundo globalizado em que vivemos.

Os grandes interesses económicos e de geo-estratégia não podem abafar o clamor dos oprimidos nem ignorar a violação reiterada dos mais elementares princípios básicos do exercício do poder democrático em qualquer parte do mundo.

Dar a conhecer a situação em Angola é, a nosso ver, um gesto de solidariedade global.

Sem comentários:

Enviar um comentário

A publicação de comentários está sujeita a moderação.
Maria do Céu