06 Agosto 2014

Todos nós somos Cristãos (Nazara) do Iraque




Estão em curso horríveis perseguições aos cristãos do Médio Oriente. Este é também um genocídio, silenciado pelos meios de comunicação, que temos obrigação de divulgar. 
Recorrendo a informações que chegam através de sites franceses (France Terre d'Asile) e espanhois (El Mundo) e de organizações como a Ajuda à Igreja que Sofre deixo o alerta e um apelo! 

- Francia ofrece asilo a los cristianos expulsados de Irak por los radicales

Para além do apoio humanitário, a França procura mobilizar a comunidade internacional "para assegurar a protecção destas comunidades cristãs". Para Paris,isso é uma prioridade para poder assegurar a estabilidade no Médio Oriente. 

A ONU denunciou que os jihadistas do Estado Islâmico obrigam os cristãos, confissão minoritária nessa zona, a converter-se ao islamismo, ou a pagar um imposto, - "jiziya" (um imposto para os não muçulmanos). Caso contrário, só lhes resta a fuga ou a forca.
"A situación de los cristianos de Oriente es muy dramática. El ultimátum lanzado contra estas comunidades en Mosul es el último ejemplo de la terrible amenaza que los grupos yihadistas de Irak, también en Siria y en otros lugares, lanzan contra estas poblaciones que históricamente forman parte de esta región". (...) 
[ LER MAIS ] ... [ E MAIS ]


De acordo com a Fundação AIS:  (...) em 2003 haveria cerca de 1,5 milhões de cristãos no Iraque. Agora, uma década depois, calcula-se que não serão mais do que 300 mil, havendo, no entanto, quem avance com números ainda mais preocupantes.

Mosul, recorde-se, é a segunda cidade mais importante do Iraque e caiu nas mãos dos elementos do Estado Islâmico no passado mês de Junho. Para intimidar os cristãos, os militantes islâmicos marcaram as suas casas com a letra ‘N’, que no alfabeto árabe significa ‘Nazara’”, ou seja cristão.

Recordando isso, e sublinhando o carácter intimidatório e perverso desta acção, a Fundação AIS criou uma página na "internet", com o endereço www.wearechristians.info, onde todos são convidados a dar também a face pelos cristãos iraquianos.

Publicando a sua própria fotografia, todos podem participar, no "site", na construção da letra “N”, recordando assim que em Mosul e nas regiões controladas pelos jihadistas isso significa que se trata da casa de uma família cristã.

Para esta jornada de oração pelo povo iraquiano, a Fundação AIS convida todos os portugueses a rezar através das palavras de D. Louis Sako, o Patriarca dos Católicos Caldeus: Senhor, a situação do nosso país é difícil e o sofrimento dos cristãos é pesado e assusta-nos. Por isso, nós Te pedimos, Senhor, que olhes por cada um de nós, dai-nos paciência e coragem para continuarmos a testemunhar os nossos valores cristãos com confiança e esperança. Senhor a paz é a base de qualquer vida; dá-nos paz e estabilidade para viver uns com os outros sem medo nem ansiedade, com dignidade e alegria. Glória a Vós para sempre.
Em actualização! [07.08.2014]

The French organisation Fraternite en Irak said on its Facebook page (in French) that a majority of inhabitants of Nineveh province had fled as the militants took over Qaraqosh.  [ LER AQUI ]

04 Agosto 2014

Viver o momento presente

Um poema para inspirar este tempo de férias

Vis-le jour d’aujourd’hui. Dieu te le donne, il est à toi.

Vis-le en LUI.

Le jour de demain est à Dieu.

Il ne t’appartient pas.

Demain est à Dieu.  Remets-le LUI.

Le moment présent est une frêle passerelle

Si tu le charges des regrets d’hier, de l’inquiétude de demain, la passerelle cède et tu perds pied.

La passé ? Dieu le pardonne.

L’avenir? Dieu le donne.

Vis-le jour d’aujourd’hui en communion avec LUI.

Et s’il y a lieu de t’inquiéter pour un être bien aimé, regarde-le dans la Lumière du Christ Ressuscité.

(anónimo)

01 Julho 2014

Cultivar uma Escuta Atenta
Desenvolver uma lucidez compassiva e operativa

A verdadeira revolução é a da compaixão e da ternura, a fazer crescer a amizade no lugar dos fantasmas da inimizade e da indiferença.
(Palavras do Papa Francisco por ocasião do encontro com pessoas assistidas pela Comunidade de Santo Egídio, em Roma)

Escutar o Mar - Walter Coltran. 2012
Não é supérfluo lembrar que vivemos num mundo caracterizado por uma grande complexidade e acelerada mudança de paradigma, com consequente incerteza quanto ao futuro. Experimentamo-lo nos nossos quotidianos e nas nossas relações de proximidade, mas também o reconhecemos quando deparamos com as análises de base cientifica que procuram interpretar os processos de transformação acelerada e profunda em curso, que caracterizam os vários níveis da vida colectiva, a economia e a finança globalizadas, a informação, a cultura ou a acção dos media.
Como enfrentar estas novas realidades? Como preparar-nos para não sucumbir à passividade e à alienação?
(...)

01 Junho 2014

Amanhece um Novo Humanismo


Seja o nosso modelo de vida
O da concordância discordante (…) 
E que nos apropriemos do mundo
Que os cimos da Cruz previram
E a manhã de Páscoa disse aberto.
 José Augusto Mourão, O Nome e a Forma
 (...)

The Flight - Ionut Caras. 2013
Face a uma consciência cada vez mais aguda e generalizada de que  é necessário mudar as condições em que, presentemente, desabrocham a vida humana e a vida em geral, multiplicam-se iniciativas várias, construídas a partir das bases, projectos que permitem evitar desperdícios, cuidar de uma alimentação racional, fortalecer a solidariedade com os mais frágeis, desenvolver recursos e potencialidades locais, fomentar novos estilos de empresas, valorizar o tempo e as relações interpessoais, acabar com a grande pobreza de proximidade, fomentar a cultura. Todos os dias surgem acções criativas nestas diferentes áreas que vão configurando um novo humanismo assente na responsabilidade e criatividade de cada pessoa ou pequeno grupo que pode inclusive saltar as fronteiras geográficas, graças às facilidades de informação e comunicação de que hoje se dispõe.
(...) 

26 Maio 2014

Papa Francisco visita a Terra Santa

Junto ao Muro das Lamentações - Jerusalém
[ ler mais ]

 ::
 O Papa Francisco deixou votos de que Jerusalém seja “verdadeiramente a Cidade da Paz”.

Que resplandeçam plenamente a sua identidade e o seu carácter sagrado, o seu valor religioso e cultural universal, como tesouro para toda a humanidade”, pediu.

O Papa recordou a importância de respeitar os direitos da comunidade cristã na Terra Santa e disse que os “Lugares Santos não são museus nem monumentos para turistas, mas lugares onde as comunidades dos crentes vivem a sua fé, a sua cultura, as suas iniciativas de caridade”.

 “Os fiéis cristãos desejam, a partir da própria identidade, prestar a sua contribuição para o bem comum e para a construção da paz, como cidadãos de pleno direito que, rejeitando todas as formas de extremismo, se comprometem a ser artífices de reconciliação e concórdia”  [aqui]


Junto ao Muro da Separação entre Israel e a Palestina

11 Maio 2014

O Bom Pastor


A ovelha reencontrada - Arcabas. 1985. Saint-Hugues-de-Chartreuse. Isère.


Desde a antiguidade o tema iconográfico de alguém que transporta cuidadosamente uma ovelha aos ombros foi sendo glosado pelos artistas e escritores. Depois tornou-se um dos maiores ícones do Cristianismo...

Em O rosto de Cristo: a formação do imaginário e da arte Cristã, Armindo Trevisan propõe uma leitura interessante da cristianização deste ícone que vale a pena conhecer. [ Ler aqui ]




O rosto de Cristo: a formação do imaginário e da arte Cristã. Armindo Trevisan. Editora AGE Ltda, 2003. [Consultar a obra online]

09 Maio 2014

Uma Espiritualidade em Tempo de Emergência

A Fundação Betânia vai realizar uma atividade para a qual gostaria de contar com a vossa participação!
Uma Espiritualidade em Tempo de Emergência
Curso com Emma Ocaña

Data 14 e 15 Junho 2014
Local - Casa de Exercícios de Santo Inácio, Rodízio
Podem consultar o Programa  e fazer a inscrição...