01 julho 2016

Aprender a viver na incerteza e no provisório

Um barco na praia. Anónimo. s/d
Tout changement, toute rupture dans le tissu social comporte risques et chances au départ inconnus. C'est dire qu'il nous faut, dans la pensée, la croyance et l'action, vivre dans l'incertitude: vivre avec n'est pas seulement tolérer, mais dialoguer avec, travailler avec l'incertitude. (Edgar Morin)
(...) À tendência acomodativa, que facilmente se instala face à complexidade e à incerteza do futuro, há que contrapor a responsabilidade pessoal e colectiva de aprender a viver no contexto dessas coordenadas (complexidade e incerteza), ancorando-nos no aprofundamento da dignidade do ser humano e da dimensão relacional que, intrinsecamente, o constitui, dos valores matriciais de cada cultura e da ética universal que a sustenta.
A tomada de consciência de que ruiu o mito do progresso ilimitado e de que o determinismo histórico é palavra vã abre caminho à exigência de maior criatividade na procura de novos rumos para o nosso viver individual e colectivo, tirando proveito precisamente das novas ferramentas e recursos disponíveis.
Não basta, porém, que nos entretenhamos com mais informação e conhecimento, há que aprofundar os critérios de escolha e estabelecer com clareza as linhas vermelhas do nosso modo de pensar e de agir diante do novo e do imprevisto.
Os cristãos têm redobrada responsabilidade em não se deixarem adormecer ou seduzir por promessas vãs ou por ficarem amarrados a soluções políticas do passado.. (...)

30 junho 2016

XIV Domingo do Tempo Comum

Touro - Arcabas
No Site da Fundação Betânia está disponível o texto de Luciano Manicardi, extraído de "Reflexões sobre as Leituras - Ano C".

- XIV Domingo do Tempo Comum [ aqui ]
.

22 junho 2016

16 junho 2016

XII Domingo do Tempo Comum

Touro - Arcabas
No Site da Fundação Betânia está disponível o texto de Luciano Manicardi, extraído de "Reflexões sobre as Leituras - Ano C".

- XII Domingo do Tempo Comum [ aqui ]
.

09 junho 2016

XI Domingo do Tempo Comum

Touro - Arcabas
No Site da Fundação Betânia está disponível o texto de Luciano Manicardi, extraído de "Reflexões sobre as Leituras - Ano C".

- XI Domingo do Tempo Comum [ aqui ]
.

02 junho 2016

01 junho 2016

O segredo da mudança

Afinando cabeza-corazon-A. Fasanella.2015
O segredo de uma mudança tão decisiva está dentro de cada um de nós e é também no nosso mestre interior que se encontra a força e a energia necessária para concretizá-lo no nosso mundo actual. (Annie Marquier, in El maestro del corazón)
Ainda que intuitivamente, vamos dando conta de que vivemos num tempo caracterizado por profundas e aceleradas mutações que afectam tanto a economia e a organização da sociedade, como a vida familiar e as relações sociais em geral. Sentimo-lo nos nossos quotidianos. Sofremos com os seus impactos negativos, mas deslumbramo-nos com os avanços feitos na ciência, na tecnologia, no progresso registado nas condições de vida de grande parte da Humanidade. E, assim, vamos alimentando a expectativa de que o progresso seja ilimitado e as disfuncionalidades e desmandos de hoje encontrem correcção num futuro não muito distante.
Mais subtil, e por isso menos perceptível, é a mudança que se vai operando ao nível das consciências e do modo de ser de cada pessoa. Também esta evolução se revela repleta de complexidades, contradições e incertezas. Que o digam as pessoas que contactam de perto com os actuais adolescentes e jovens e observam os seus modos de pensar, as suas atitudes face à vida, os seus objectivos pessoais, o seu modo de agir, a sua relação com os outros e com a sociedade em geral. (...)