18 abril 2009

Igreja Solidária

O Plano «Igreja Solidária» é um projecto que pretende colocar a funcionar em rede todas as paróquias com o intuito de ajudar os carenciados.

No encontro com a comunicação social, D. José Policarpo frisou que nestes momentos é fundamental a solidariedade e, para isso, conta com a ajuda de particulares e empresas. “Vamos actuar com atenção e discrição porque é preciso respeitar o anonimato nestas questões” – sublinhou o Patriarca de Lisboa.
O Cardeal Patriarca afirmou ainda que, apesar de a Igreja não poder “suprir a falta de ordenados dos desempregados”, vai “ajudar a que ninguém passe fome”, alertando para que “todos estejam atentos aos vizinhos” para que as situações de pobreza envergonhada possam ser detectadas. O Banco Alimentar Contra a Fome, o Banco de Bens Doados e a Caritas de Lisboa são instituições fundamentais na resolução destes problemas que afectam milhares de pessoas.
As paróquias e instituições vão ser também incitadas a criar respostas imediatas, como o pagamento de rendas de casa, água, luz, passes sociais ou medicamentos.

Neste sentido, foi aberta esta conta bancária para receber donativos:

000700000073818455123

O projecto «Igreja Solidária» contempla três fases: dar resposta a situações de carência imediata, apoio ao emprego e criação de unidades de cuidados continuados.

2 comentários:

  1. É uma óptima iniciativa.
    Sinto-me bem com uma Igreja que se preocupa com os que mais precisam e que toma iniciativas concretas.

    Vou participar com o meu donativo e vou divulgar o NIB para outras pessoas poderem contribuir também.

    Bem hajam pelo vosso Blogue que é uma referência para mim.

    Deolinda Coutinho

    ResponderEliminar
  2. Olá Deolinda!

    Parabéns pelo seu testemunho.

    :)
    Muito Obrigada pelo cumprimento que dirige às autoras do "Ouvido do Vento".

    Deixo-lhe também o link para consulta ao nosso Site.
    Site da Fundação Betânia

    ResponderEliminar

A publicação de comentários está sujeita a moderação.
Maria do Céu