04 janeiro 2009

Não podemos calar a indignação

Esta tarde recebi uma mensagem de correio electrónico que começava assim:

A Faixa de Gaza está a tornar-se num perigoso detonador de uma enorme calamidade. Já morreu muita gente e o cenário que se anuncia é um verdadeiro genocídio face à passividade e impotência da ONU.
[Não podemos calar a indignação]

As imagens que nos chegam através dos órgãos de comunicação social e de testemunhas oculares que publicam na Net são de enorme violência.

Os apelos ao cessar fogo não produzem efeito e, ainda que saibamos que o fim dos ataques acabará por acontecer, também não podemos ignorar as vítimas inocentes: civis desarmados, sobretudo os mais débeis, os que não conseguem abrigar-se a tempo, os que não são socorridos a tempo devido ao caos em que estão os hospitais.

Se as crianças, que inocentemente se abrigam neste carro, fossem nossas conseguiríamos calar?

Imagem [daqui]
Fonte: BBC


Sugestões:

A canção Blowin in the Wind de Bob Dylan continua actual!

Sem comentários:

Enviar um comentário

A publicação de comentários está sujeita a moderação.
Maria do Céu