16 janeiro 2009

Os Israelitas não querem sair do Egipto
Êxodo, capítulo 5

No site da Fundação Betânia foi publicado mais um estudo do Livro do Êxodo, no âmbito do Projecto Ler a Bíblia, coordenado por Nicoletta Crosti.

Estes estudos podem ser comentados no Ouvido do Vento.

(...)

Os israelitas não contestam a ditadura. Entre Adonai e o faraó escolhem o faraó, de quem querem permanecer escravos, preferem não arriscar.

vv. 20-21 “ que o Senhor repare em vós e julgue... porque nos tornaste odiosos aos olhos do faraó”. Os escribas intentam um processo contra Moisés e Aarão, pondo Adonai em causa. Com isto renegam a autoridade de Moisés e Aarão e, consequentemente, a palavra de Adonai. Quiseram que Adonai estivesse ao serviço do faraó, em defesa de um status de opressão.

vv. 22-23 “Meu Senhor porquê… porquê … porquê? ” Moisés considera Deus responsável pelos acontecimentos. Por que é que Adonai faz sofrer este povo, que prometeu libertar e depois não o faz? É o drama do profeta, que não vê realizado o seu mandato. (Jer 15,10-11 e 15-18; 20,7-10).

A prece de Moisés é também prece de intercessão pelos pecados dos outros, que se repetirá em frente ao vitelo de ouro (Ex 32,11-14. 30-32), e que entrará na tradição bíblica (Sl 106,23).

- Nicoletta Crosti,
Os Israelitas não querem sair do Egipto
- Êxodo, capítulo 5

[ Versão integral ]

//

Sem comentários:

Enviar um comentário

A publicação de comentários está sujeita a moderação.
Maria do Céu