08 dezembro 2012

Viver uma fé adulta



A este título, o editor acrescenta: itinerário para um cristianismo credível. É disso que se trata: um trânsito da Palavra à fé e desta à radicalidade da vida pessoal e comunitária.

Luciano Manicardi, o Autor deste livro, recentemente editado pelas Paulinas, expressa a sua intenção com estas palavras: situar-se na esteira do ensino do Vaticano II e voltar à genuinidade dos evangelhos para afirmar a simplicidade e a radicalidade da fé numa perspectiva essencialmente prática.

Como escrevi no prefácio: Apesar do recurso abundante às fontes, à hermenêutica e à exegese dos textos (não fora o Autor professor e investigador no domínio dos estudos bíblicos e antropológicos!), não receie o/a leitor/a o risco de se perder numa floresta de erudição. Este monge de Bose, que é mestre de noviços, tem a sensibilidade e o cuidado de, com pertinência, relembrar, uma e outra vez, durante todo percurso da escrita, a essencialidade da fé como busca, como risco, como prática e como dom, enquanto nos vai mostrando como o contacto com as Escrituras e a beleza dos textos leva à conversão e à mudança radical de atitudes e comportamentos, tanto na vida pessoal do crente, como na vida das comunidades eclesiais, sendo que esse é também o caminho mais seguro para uma evangelização autêntica.


A leitura orante, dialogada com outrem e confrontada com a própria vida será uma boa pista para celebrar o Ano da Fé proposto por Bento XVI à Igreja universal.


[ Consulte também a nossa banda de navegação lateral  com sugestões de leitura, onde poderá encontrar referências a esta e a outras obras. ]

Sem comentários:

Enviar um comentário

A publicação de comentários está sujeita a moderação.
Maria do Céu