01 janeiro 2016

Ecologia integral – um caminho de paz

Footprint made of leaves
© iStockPhoto / Dena Steiner
Deus não é indiferente; importa-Lhe a humanidade! Deus não a abandona! (…) não perdemos a esperança de que o ano de 2016 nos veja a todos firme e confiadamente empenhados, nos diferentes níveis, a realizar a justiça e a trabalhar pela paz. (Papa Francisco).
(...) deixo o tríplice apelo com que o Papa Francisco termina a sua mensagem para a celebração do Dia mundial da Paz de 2016 que, sendo, aparentemente, dirigido aos detentores dos poderes políticos, envolve-nos a todos como cidadãos e cidadãs e como mulheres e homens cristãos, e convida-nos ao compromisso de agir em conformidade, nos diferentes espaços em que nos inserimos:
(…) apelo a abster-se de arrastar os outros povos para conflitos ou guerras que destroem não só as suas riquezas materiais, culturais e sociais, mas também – e por longo tempo – a sua integridade moral e espiritual; apelo ao cancelamento ou gestão sustentável da dívida internacional dos Estados mais pobres; apelo à adopção de políticas de cooperação que, em vez de submeter à ditadura dalgumas ideologias, sejam respeitadoras dos valores das populações locais e, de maneira nenhuma, lesem o direito fundamental e inalienável dos nascituros à vida.
A todos os leitores e leitoras destes escritos desejo um ano de 2016 de paz!

Sem comentários:

Enviar um comentário

A publicação de comentários está sujeita a moderação.
Maria do Céu