01 janeiro 2013

Permanecer firme no meio da tempestade

Hellebore - © Ray Hafen
(...)
As crises, pesem, embora, os seus rastos de violência e de sofrimento, são janelas abertas a novas mundividências, germinadoras de novas culturas e matrizes axiológicas. Por isso, é tão importante não se deixar entorpecer por estereótipos do inevitável ou não ceder a métodos organizacionais humanamente intoleráveis, como é imperioso saber denunciar, oportuna e inoportunamente, as leis e práticas administrativas injustas e desmascarar os seus pressupostos iníquos.

Nas actuais circunstâncias, importa apelar à resistência lúcida e à ousadia corajosa de praticar a diferença.

Os cristãos, por maioria de razão, devem assumir, com esperança e determinação, os desafios do tempo presente, pois é no concreto da história que deve encarnar o Verbo de Deus, a sua Palavra criadora; é no Kairos que toma corpo o mandamento único do Amor.

 [ texto integral ]

Sem comentários:

Enviar um comentário

A publicação de comentários está sujeita a moderação.
Maria do Céu