01 maio 2014

O que é que mais o fascina na sua vida?

Daisy Reflection.
Kathleen Clemons/Corbis.2012
A "árvore humana" é sempre um singular irrepetível na história da floresta.
"O Coração da Igreja tem de Bater - Um biblista confessa-se".
António Marujo, Carreira das Neves. Ed. Paulinas. 2013
(...)

Para mim, é Deus o fascínio da minha vida, um Deus que aprendi, experienciando, que é um Deus Amor que me sustem na existência com mão firme e braço estendido. Deus, que vou descobrindo através da sua Palavra e de Jesus de Nazaré, o seu ensinamento e o seu testemunho, mas, também, através dos acontecimentos da vida. Com Jesus aprendi a reconhecer Deus como Abba, um Deus de proximidade e de ternura.

O fascínio de Deus conduz-me ao amor pelo próximo, ao gosto do outro, ao apreço pela liberdade criativa com que Deus dotou cada pessoa e ao desejo de criar condições a que cada um/a dê o melhor de si mesmo/a para a vida comum. É o meu fascínio pela acção em comum, pela cooperação.
(...)

Sem comentários:

Enviar um comentário

A publicação de comentários está sujeita a moderação.
Maria do Céu