11 setembro 2013

Não Devemos Ter Medo das Diferenças. Vivamos a Fraternidade

O Papa Francisco visitou ontem, dia 10, o Centro  Astalli para os refugiados na Itália, a cargo do SJR (Serviço dos Jesuítas para os Refugiados, fundado pelo Padre Arrupe). Foi sem protocolo ao encontro das cerca de 5 centenas de pessoas que recorrem regularmente a este serviço, para as saudar, escutar os seus dramas de guerra, de perseguição, de maus tratos, para lhes dirigir palavras de consolação e encorajamento.
Há que devolver a estas pessoas o reconhecimento e o sentido de vida, disse o Papa e interpelou para que não tenhamos medo das diferenças, mas antes ousemos viver a fraternidade.
Dirigindo-se aos jesuítas que trabalham neste projecto, mas por extensão a toda a Igreja e á sociedade, o Papa Francisco resumiu em três palavras o que deverá ser um programa de acção junto dos refugiados: servir, acompanhar, defender. O desenvolvimento destes temas pode encontrar-se  aqui.

Sem comentários:

Enviar um comentário

A publicação de comentários está sujeita a moderação.
Maria do Céu