15 setembro 2013

MAIS UMA VEZ DEUS ESCOLHE OS MENORES
Génesis, capítulo 48

 No capítulo 48, trata-se das duas tribos de Efraim e Manassés. Os autores do livro do Génesis têm de justificar a presença destas duas grandes tribos, entre as 12 tribos do povo hebreu ainda que, segundo a tradição, os dois heróis epónimos não fossem os filhos de Jacob, mas de José. Estas duas tribos viviam num grande território na zona central da Palestina, entre o Mar Morto e o Mar da Galileia. Os autores, constroem então uma adopção legal dos dois filhos de José por parte de Jacob.

Não é por acaso que neste capítulo Jacob é chamado Israel com mais frequência. A insistência serve para elogiar o fundador das 12 tribos e, por consequência, do povo hebreu. Na verdade, Israel é o novo nome que Deus deu a Jacob, porque ele tinha lutado com Deus e com os homens e tinha vencido (ver Gn  32, 29). O tema é retomado em Gn 35,10.

v. 1 Eis que teu pai está doente. José sabe que seu pai é idoso e que esta doença precede a morte. Para isso apressa-se a levar-lhe os seus dois filhos nascidos no Egipto de Arsneth (Gn 41,50-51) que recebem a bênção do patriarca, especialmente o mais velho, Manassés, que teria assim um futuro abençoado por Deus.

(...)

Nicoletta Crosti,
MAIS UMA VEZ DEUS ESCOLHE OS MENORES
Génesis, capítulo 48

Sem comentários:

Enviar um comentário

A publicação de comentários está sujeita a moderação.
Maria do Céu